terça-feira, 25 de outubro de 2011

Livro sobre Heliônia Ceres será
lançado amanhã à noite

Maria de Lourdes do Nascimento foi a vencedora do
 Prêmio Nacional da Academia Alagoana de Letras de 2009  

Alessandra Vieira

Durante o século XIX poucos foram os escritores brasileiros que enveredaram pelo fantástico. Álvares de Azevedo, em “Noite na taverna”, e Machado de Assis, em alguns contos, são os mais conhecidos. No entanto, em Alagoas, a literatura fantástica encontrou forte representante: Heliônia Ceres. E é justamente essa maceioense nascida em 1927, tema do livro que será lançado amanhã, na Bienal do Livro de Alagoas, às 19h, no estande da Braskem, apoiadora da publicação da obra.
“O ponto de encontro e do espanto na narrativa fantástica de Heliônia Ceres”, de Maria de Lourdes do Nascimento, é o vencedor do Prêmio Nacional da Academia Alagoana de Letras de 2009 e traz um paralelo entre Ceres e outros escritores do Brasil, da América Latina e da Europa que enveredaram através do mesmo estilo literário da alagoana. “Heliônia tinha uma multiplicidade no estilo, mas certamente sua maior marca foi o realismo fantástico. Isso fica evidente nos seus contos”, comenta Maria de Lourdes, que além de escritora é professora e advogada com textos publicados em antologias em Alagoas, Paraíba, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Brasília.     
Autora de “Contos 1”, “Contos 2”, “Reflexões”, “Contos”, “Cabras-Machos” (crônicas), “A procissão dos encapuzados”, “Rosália das Visões”, “O conclave” (novela) e “Olho de Besouro” Heliônia costumava dizer que “escrever é uma bela maneira de viver. Mas não escrevo somente porque é uma bela maneira de viver. Escrevo porque julgo que, entre outras coisas, não sei fazer nada melhor do que isto”.

Simone Cavalcante, Claudia Lins e Thiago
Amaral lançaram seus livros esta semana

OUTROS LANÇAMENTOS – Ainda no Espaço Brasken será lançado na quinta-feira, às 19h, o livro Aquarela, da autora alagoana Ruth Quintella. Já na segunda-feira passada, dia 24, houve o lançamento do livro Freitas Machado: Vida e Obra, editado a partir do trabalho premiado no Concurso Nacional de Monografias José de Freitas Machado, de autoria de Etevaldo Amorim.
A semana também contou com os lançamentos de livros infantis dos escritores Simone Cavalcante, Claudia Lins e Thiago Amaral, Ventania e o mapa do tesouro, No reino de Belinguindone e A casa da reinação, respectivamente.
Além disso, a campanha Livro presente para sempre está funcionando a todo vapor. Graças à campanha, o visitante pode doar livros infantis levando-os ao estande da Braskem.

Vá Lá:
O livro O ponto de encontro e do espanto na narrativa fantástica de Heliônia Ceres, de Maria de Lourdes do Nascimento será lançado amanhã, às 19h, no Espaço Braskem. Aberto ao público. Para adquirir o livro entre em contato com a autora através do e-mail: lur.mar@hotmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário